domingo, 2 de novembro de 2008

Cinema

Já pensou o que aconteceria se meus olhos fossem daqueles projetores de filmes de cinema?
Pelo menos para mim alguns filmes seriam reprise.
Tem quem goste, não é?
Personagens constantes,
Histórias e situações tão parecidas...
Sabe aquela situação de estar vendo o filme,
Daqueles de mocinho e bandido,
Quando o bonitão está em perigo,
Aí você da cadeira quer gritar: Cuidado!
Pois você já sabe de toda aquela história.
Engraçado não é?
Como é interessante,
Como uma situação vista de outro ângulo é esclarecedora!
Pois quando você vê ali na tela todo um certo contexto,
Aí você pensa
"Ah, então era assim que acontecia"
É quando você bate na cabeça e fala para si "Hum, que burrice..."
Mas agradece, pois de qualquer forma, sempre há uma lição moral nisso.
Por isso volto a dizer:
Já pensou o que aconteceria se meus olhos fossem daqueles projetores de filmes de cinema...
O que todos achariam das coisas que eu vi?
............................................................
É, mas é só um pensamento. Pois o que eu vejo fica para meus olhos, o que escuto para meus ouvidos e as lições eu sempre atualizo. E acredito que é assim, a gente só aprende com nós mesmos, com os nossos tombos e as verdades que estão bem ali na nossa cara, mas a gente não quer ver. Igual ao mocinho do filme, que nem desconfia que o assassino é aquele, o mais óbvio.

Um comentário:

Srta Dornela disse...

Engraçado...
Cada coisa que eu vejo.
Engraçado...
Como quando a gente faz parte do filme a perspectiva é diferente,
Como a gente se faz de cego,
Como é tão fácil acreditar em absurdos.
Engraçado...
Como tudo muda quando a gente vê o filme como expectador,
Mas muito mais engraçado como isso tudo perde a graça
Quando se é visto várias vezes.